Adolescentes gastam mais em roupas, diz pesquisa

jovem-consumidor

Os jovens brasileiros gastaram cerca de R$ 75 bilhões em 2010. Os dados são do Tru Study 2011, um levantamento anual realizado pela TNS em 38 países. A maior parte dos entrevistados tem como principal fonte de renda a família, somando 74%, enquanto 27% afirmaram que ela é proveniente do próprio trabalho.
A preocupação com a aparência é o item que consome a maior parte da mesada, sendo roupas e acessórios o que demanda maior gasto entre 37% dos jovens. Os lanches e refrigerantes vêm em seguida, com 10%, na frente dos aparelhos eletrônicos e produtos tecnológicos, com 8%.
Para realizar a compra, os aspectos que este segmento mais valoriza nas marcas são o estilo e a inovação. Nike e Adidas estão no topo do ranking, seguidas por Coca-Cola, Oakley Nestlé, All Star, Natura e Avon.
Entre os itens não consumidos pelos jovens estão concertos, com 83%, teatro, ópera, ballet e eventos culturais ou políticos, com 80%. Já em relação à leitura, 75% deles não leram nenhum livro no último ano por iniciativa própria e nunca visitaram um museu em sua cidade, 76%.
A faixa etária analisada compreende adolescentes dos 12 aos 19 anos, entre as classes A e D. O público é morador das regiões Sudeste, Sul, Centro-Oeste e Nordeste e representa 60% do IPC (Índice de Potencial de Consumo) do país. 
(Visited 73 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais